Cyber Risks – Ataques Ransomware Podem Bater Recorde em 2020.

Cyber Risks – Ataques Ransomware Podem Bater Recorde em 2020.
Ocorrências têm aumento de 72% no primeiro semestre e podem chegar a 20 mil casos até o fim do ano, aponta estudo

Aproveitando-se que grande parte dos funcionários adotaram o regime home office por conta da pandemia de coronavírus , hackers estão provocando uma nova onda de ataques ransomware que podem atingir números inéditos de casos neste ano. Por meio de softwares nocivos, os cibercriminosos criptografam arquivos do sistema infectado e solicitam uma quantia – geralmente em bitcoins para  resgate.

A agilidade das empresas em atribuir o home office aos funcionários sem levar em conta a segurança cibernética, auxiliou o “boom” de casos registrados. Segundo levantamento da Skybox Security, os casos de ransomware tiveram salto de 72% nos primeiros seis meses de 2020 e devem chegar a 20 mil casos até o fim do ano. Só aqui no Brasil,o mês de março apontou crescimento 3,5 vezes maior que o mês de janeiro, de acordo com dados da Kaspersky.

Prevenção é essencial

Dadas as gravidades financeiras e os riscos que conteúdos expostos possam atentar contra a reputação da companhia no mercado, é essencial que empresas e funcionários trabalhem em conjunto para assegurar os dados privados.

Estar ciente dos ativos corporativos presentes na rede, bem como garantir que o acesso seja realizado por meio de VPNs, firewalls e outros meios de segurança, são passos essenciais de precaução.

Outras medidas simples como atualizar o backup de dados, manter o software de segurança em dia e usar filtragens e verificações de conteúdo do servidor de e-mail, podem ajudar a prevenir os ataques.

Ataques famosos

O GandCrab foi um destrutivo ataque de ransomware ocorrido em 2018. Estima-se que o vírus tenha infectado aproximadamente 1,5 milhão de computadores e que seus criadores tenham levado uma “bolada” de US$ 2 bilhões (R$ 10 bilhões em conversão direta) com o software. “A operação do GandCrab foi prolífica o bastante para garantir lucro suficiente para permitir que seus criadores se aposentassem”, destacou a BitDefender.

Também com início em 2018, o Ryuk atingiu mais de 100 ambientes corporativos norte-americanos desde agosto de 2018, de acordo com o FBI. Os crackers não só restringiam o acesso aos dados, como bloqueavam a opção de Restauração do Sistema do Windows.

Além dos cuidados citados acima, é fundamental que sua empresa tenha o Seguro de Proteção de Dados e Responsabilidade Cibernética para proteção dos riscos de responsabilidade civil previstos na LGPD por meio da colocação adequada do seguro, avaliando a exposição e os limites do seu negócio.

Adicionar comentário